Biografias

São Pedro

Seu nome real deveria ser Simeão, mas por influência do grego (Símon) foi corrompido para Simão, assim como o termo Pedro é a tradução grega do apelido que Cristo lhe deu, Cephas ('rocha', em grego: Pêtros). Era conhecido também como: Simão, Simão Pedro, Simão Barjona (filho de João ou Jonas). Natural de Betsaida, da Galiléia, às margens do lago de Genesaré, também conhecido como mar de Tiberíades, era filho de Jonas e pescador de profissão, tal como os apóstolos Tiago e João, e trabalhava com o irmão André e o pai. Foi apresentado a Jesus por seu irmão, em Betânia, onde tinha ido conhecer o Cristo, por indicação de João Batista. Nele se via um homem autoritário, impulsivo, entusiasmado, franco, bondoso e extremamente generoso. A única razão pela qual Pedro não entrava em maiores complicações, por causa de falar sem pensar, era que, desde muito cedo, ele aprendera a conversar sobre muitos dos seus planos e esquemas com o seu irmão, André, antes de aventurar-se a fazer propostas em público. As principais fontes de informação sobre sua vida são os quatro Evangelhos (Mateus, Marcos, Lucas e João), onde aparece com destaque em todas as narrativas evangélicas, nos Atos dos Apóstolos, nas epístolas de Paulo e nas duas epístolas do próprio apóstolo. Quando Simão juntou-se aos apóstolos, ele tinha trinta anos. Era casado, possuía três filhos, e vivia em Betsaida, perto de Cafarnaum. O seu irmão, André, e a mãe da sua mulher viviam com ele. (Lc 4,38-39).

Clique em download para ter acesso ao conteúdo integral.

Download PDF