Poemas

Bodas Alquímicas

Estrato das Bodas Alquímicas

... Na continuação as ninfas se colocaram ao redor, formando um círculo, e cantaram com doce voz:
I
Nada há melhor na Terra
que o nobre e precioso amor;
por ele nos igualamos a Deus,
por ele ninguém agonia a ninguém.
Deixai-nos, pois, cantar ao Rei
e que retumbe todo o mar
nós perguntamos, dai-nos resposta.
II
Quem nos transmitiu a vida?
O amor.
Quem nos devolveu a graça?
O amor.
Por quem nascemos?
Pelo amor.
Sem o quê estaríamos perdidos?
Sem o amor.
III
Quem nos engendrou?
O amor.
Por que nos têm alimentado?
Por amor.
O que devemos aos pais?
O amor.
Por que são tão pacientes?
Por amor.
IV
Quem tem sido o vencedor?
O amor.
Como se pode encontrar o amor?
Pelo amor.
Quem pode unir aos dois?
O amor.

V
Cantai, pois todos vós
e fazei que ressoe o canto
que enaltece o amor.
Que se digne crescer
em nossos Senhores, o Rei e a Rainha;
seus corpos estão aqui, a alma lá.
VI
Se ainda vivemos,
Deus fará
que como o amor e a grande graça
os separaram com forte potência,
de igual maneira a chama do amor
os reunirá outra vez com felicidade.
FIM


Clique em download para ter acesso ao conteúdo integral.

Download PDF