Poemas

Estrela Guia

Sociedade das Ciências Antigas
Estrela Guia
Por Celeste Cristal


Desde os briosos cumes da juventude,
aparecestes no horizonte da minha vida.
Esplendorosa luz como a Estrela da Manhã,
tua fulgurante luz tocou meu ser.
Convertendo-te na minha Estrela Guia.
Quantas vezes meu céu se cobriu de nuvens,
perdendo a rota do caminho,
quantas vezes implorei, orei e te chamei,
mais não acudistes ao meu clamor.
No passar dos anos tua santa presença,
foi sentida mais não tocada,
guiando meus passos.
Hoje no ocaso da vida, novamente surges.
irradiando tua luz que inundou meu ser.
Se alguém perguntasse:
aonde vás peregrino?
Responderei: Não o sei,
somente sigo minha Estrela Guia,
que me levará a Ti, Meu Senhor,
para encontrar a Luz,
e Tua Paz que encobre a Eternidade.


FIM


Clique em download para ter acesso ao conteúdo integral.

Download PDF