Poemas

A Descida da Torre

A Descida da Torre
Por Baruk Cruz

Desci da minha torre de marfim para empreender uma viagem.
Guiado pelo mapa do céu resolvi ir do sul ao norte
para desatar os nós do destino
e lá encontrar meu presente.
Visitei os meninos gêmeos, tão parecidos por fora,
e que se tornam metade cavalo e metade homem
armado de arco e flecha, por dentro.
Segui sua flecha e ela me mostrou,
nesta parte da minha vida,
o quanto eu preciso viver fora da torre,
com meus irmãos, ser humilde, escutar e aprender.
Parei para descansar nas casas do trabalho e do espirito
e lá escutei de mim mesmo
o que já sei mas teimo em não fazer.
Preciso cuidar de mim mesmo e do meu interior.
Feito isso a criatividade descoberta me fará feliz
e serei um pessoa inteira.
Para ser rico preciso de retiro e da meditação profunda.
Decidi ser rico, mas sabia que haveria problemas na viagem.
O menor deles, de frente para o Sol,
vejo a ilusão de ser o que sou mas,
como sempre abençoado, mestres me acompanham.
Fugi do Sol para me perder na Lua
e nas próprias emoções embaralhadas e confusas,
mas devo ser especial,
pois aqui quem e socorre é meu Anjo Guardião
que me avisa de tudo antes, por intuição.
E eu que me achava tão esperto.
A gente não sabe nada mesmo.
Sabia que o pior e o melhor de mim estavam juntos
e então avistei minha amada Vênus de mãos dadas com a Lua.
Ela vigiava o nó norte em três ângulos
e o sul em seis para me dar do seu amor por mim
o poder de atrair as pessoas importantes para o meu espirito
mas também, o desafio constante do mundos dos sentidos
e dos prazeres e a prisão pelo fascínio.
Poesia – A Descida da Torre Sociedade das Ciências Antigas 2
A escolha entre o prazer e a pureza.
No meu interior se alterna a escuridão da noite e luz ofuscante da verdade.
Só há uma escolha.
Minha própria amada me dá as chaves da cela.
As dores do amor serão sentidas.
As pessoas que atrai para meu espirito se elevar
me ensinaram que as dores do amor
somente se curam com oração profunda.
Só Deus é amor sem sofrimento.
Retornei e subi a torre de marfim
para pegar minha espada.

FIM


Clique em download para ter acesso ao conteúdo integral.

Download PDF