Contos

Apenas Forma

Um japonês juntou algum dinheiro e vendo que em seu país não conseguiria abrir o seu tão sonhado
comércio, partiu para terras estrangeiras.
Ali chegando estranhou muito os outros costumes e pensou: se aqui tenho que viver, terei que ser
igual.
Assim, aprendeu rapidamente o idioma. Tomou a postura do estrangeiro, tentou comportar-se igual,
acreditar nas mesmas coisas e esquecer que era japonês.
Mas a toda hora, o chamavam de japonês, dizendo: Japonês quanto é isso aqui? Japonês, fecha a
minha conta? Japonês você tem farinha? Japonês... Japonês... Japonês...
Ele acreditou que um dia esqueceriam que ele era Japonês. Mas os anos foram se passando e
embora ele se sentisse acolhido, pois tinha muitos amigos, nunca o deixaram de chamar de Japonês.
Quando já velho, conversando com um amigo, disse-lhe:
Vivo entre vocês. Falo sua língua perfeitamente. Absorvi seus costumes. Por que ainda me chamam
de Japonês?


Clique em download para ter acesso ao conteúdo integral.

Download PDF