Livros

Confissões

A ciência nada escreveu aqui, nem há como determinar pontualmente como foi feito, segundo o sentido literal; tudo foi ordenado segundo as direções do Espírito, sempre com grande diligência. Desta forma, em muitas palavras podem faltar letras e em alguns lugares uma letra pode significar uma palavra. A mão do escritor, por razões as quais ele próprio desconhece, treme muitas vezes; muito embora eu pudesse ter escrito de forma mais apurada, justa e plena, não o fiz pelo fato de que o fogo ardente freqüentemente me impulsionava em alta velocidade, sendo que a mão e a pena tinham que se acelerar para segui-lo; pois aquele fogo vem e vai como uma ducha repentina. Não posso escrever nada que seja de minha autoria; escrevo apenas como uma criança, que nada sabe e nada compreende e que nunca nem mesmo foi ensinada. Só escrevo aquilo que o Senhor concede ser conhecido em mim, na medida em que Ele próprio se manifesta em meu interior.

Nunca desejei conhecer coisa alguma acerca do Mistério Divino, muito menos compreendia o caminho de buscá-lo e compreendê-lo. Nada sabia sobre isso. Essa é a condição dos leigos em sua simplicidade.

Veja o conteúdo integral

Veja o conteúdo integral