Poemas

Perfeita Ignorância

Perfeita Ignorância

Por Lorena Elisabeth

 

Quanto mais sei,

Distancia-Te de mim.

Desaprendi os alfabetos,

Sou agora ignorante.

 

Tu te aproximas...

Onde estás?

Onde moras?

Qual Teu Nome?

 

Diante de Ti,

Onde estou?

Onde moro?

Qual meu nome?

 

 

Clique em download para ter acesso ao conteúdo integral.

Download PDF