Poemas

Onde está?

Onde fostes Alma mia,
para que tão belos prodígios se aninharam
brotando-te sonhos de ilusões
que instam a Alma ir à pós de trilhas
e sendeiros luminosos nunca percorridos?


Encontrastes nestas paragens de luz
graciosas conversas que brilham como estrelas,
que arrebatamento elevou teu ser nestes caminhos luminosos?


Que Luz guia a Alma para entrar no Templo do Saber
que olham desconcertados os Seres,
os astros e luzes que giram em mágico concerto
pela Mão invisível que tudo apresenta a dizer e compreender?


A Alma se ilusiona para fundir-se na Luz
que brilha na Eternidade extraindo de suas melodias
os Segredos guardados nas profundezas da alma.


Qual é o mistério que ali conduz
para beber na Fonte do Saber,
a Fonte das Águas Eternas
que elevam a Alma em gozo Celestial?


Onde está o Caminho que guia a Alma
ao Fogo e Luz do Eterno e Sublime Ser?

 

Celeste Cristal


Clique em download para ter acesso ao conteúdo integral.

Download PDF