Poemas

O Arqueiro

Por: Celeste Cristal

 

Cruzas radiante entre nuvens luminosas,

Perseguindo com teu arco uma estrela

Que furtiva corréu ante ti.

 

Teu arco com Seta certeira preparas com afim,

Cruzando o espaço infinito à procura

Da estrela de tênue luz que do campo estrelado

Fugiu atraída pela radiante fonte De Luz.

 

Cruzas do Oriente ao Poente,

E do Poente ao Oriente traçando misteriosas

Curvas de ouro e azul para atrair para si,

A estrela que em fugaz aventura cruzou

Os mares profundos povoados de estrelas

Em busca da Fonte de Luz.

 

Com indômito afinco o Certeiro Arqueiro

Procura a sua estrela para juntos,

Beber na Fonte De Toda Luz.


Clique em download para ter acesso ao conteúdo integral.

Download PDF