Biografias

Marc Haven

Marc-Henri Emmanuel Lalande, nasceu em 24 de dezembro de 1868, na pequena cidade de Nancy, localizada no leste da França. Faleceu em 31 de agosto de 1926 em Paris. Formou-se médico e desempenhou importante papel na vida do mestre Philippe de Lyon, sendo também o escritor de obras como “O Evangelho de Cagliostro”(1910), “Cagliostro, o Mestre Desconhecido”(1913).

Vida:

Seu irmão, André Lalande o descreveu sendo muito semelhante a sua mãe, tanto pelas suas formas físicas (olhos pouco irregulares, rosto fino e tez escura), como por sua imaginação, mente e humor.

Descrito como alguém que falava pouco (notava as coisas sem dizer nada), porém de palavra incisiva. Ágil e entusiasmado, ele era movido por um forte amor próprio, sendo ardente, porém discreto em suas declarações.

Sendo provido de um aguçado sentido psíquico, interpretava de forma rápida e sutil o que via e ouvia. Desde a infância, teve surpreendente facilidade para adivinhar charadas. Mais tarde, esses mesmos dons o fizeram sentir, quase que intuitivamente, o que os outros pensavam. Sua facilidade em sentir e interpretar os sentimentos alheios era uma fonte de bondade e compaixão.

Para Marie Lalande (Marie-Chestakoff Olga Marshall), segunda esposa de Marc Haven, ele era um “espírito ponderado e severo”. Segundo ela, ele foi um homem extremamente correto e amável, porém, distante. Embora tivesse natureza vivaz, à primeira vista aparentava ser intimidador. Tido como pessimista e rabugento, especialmente quando temia invasões em sua família, zelava por suas regras.

Em 1887 mudou-se para Paris com o objetivo de prosseguir os estudos médicos. Já em 1891, começou a frequentar a rua Trevise, onde ocorria o movimento ocultista de Paris. Na ocasião, conheceu Chamuel, fundador de uma importante livraria da época (Librairie du Merveilleux), e Papus (também estudante de Medicina e escritor de livros esotéricos).


Clique em download para ter acesso ao conteúdo integral.

Download PDF