A Natureza de um Iniciado

Martinismo e Tradição Martinista

Muitos afirmam: “Eu fui iniciado”.

A palavra “Iniciação” está relacionada com a palavra latina “initium”, significando uma “entrada em” ou “um início”. Uma Iniciação implica o início de um novo ciclo ou nova fase de crescimento. Nas Escolas de Mistério antigas, entendia-se que as Iniciações revelavam ao candidato dramaticamente uma gnoses ou sabedoria obscura. Por outro lado, verifica-se que uma iniciação seja um “ritual”, uma “cerimónia” ou um método específico pelo qual o candidato é apresentado a uma forma particular ou nível consciente de conhecimento. Por isso, se considerarmos todos estes conceitos, podemos concluir que a Iniciação envolve ou consiste num ritual designado a assistir um indivíduo na sua entrada num novo ciclo de conhecimento.

Contudo, a Iniciação será apenas isso?

Basta ser apresentado à Tradição? Estudar a Filosofia preliminar?
De acordo com as operações rítmicas de todas as leis espirituais por todo o universo, o início de qualquer coisa tem um ponto de partida e um processo em curso desse ponto, que leva a uma conclusão. O progresso desse curso leva sempre a um crescimento espiritual mais avançado. Se observássemos cuidadosamente este crescimento espiritual, descobriríamos que ele é rítmico e que os seus passos ou fases são sempre individualizados. E mais, as suas divisões em períodos definidos constituem a periodicidade desse processo.

Don`t copy text!